Geomorfologia

A área do Concelho de Melgaço desenvolve-se num anfiteatro de altitudes gradualmente crescentes a partir da orla ribeirinha do Rio Minho até ao Cabeço do Pito e ao Planalto de Castro Laboreiro, na zona leste, e aos cumes de Chãs da Lama, Alto do Corisco, Alto do Fojo, Coto do Corno, Cão Pendurado e Chão da Roca, que pontificam na zona sul. Apenas o alvéolo de erosão associado à bacia hidrográfica do Rio Mouro, orientada de E para W e localizada aproximadamente na zona centro-oeste do Concelho, interrompe este modelo geral.

A orla ribeirinha é genericamente alargada desde o Penso até Melgaço, levemente ondulada e sulcada por diversos cursos de água drenando para o Rio Minho, formando, por vezes, veigas mais ou menos extensas. Para montante de Melgaço, o rio corre geralmente em vale encaixado, mas, de onde em onde, encontram-se algumas veigas mais pequenas, como por exemplo a do Rio Trancoso, que faz de fronteira com Espanha numa extensão de alguns quilómetros.

Fora da plataforma ribeirinha, e exceptuando a zona do alvéolo do Rio Mouro, já referido, os ribeiros tendem a correr em vales encaixados, alguns originados por falhas geológicas notáveis. Os cursos de água do bordo sul do Concelho e do Planalto de Castro Laboreiro passam a drenar para o Rio Lima. Vestígios de ações de transporte glaciário (moreias e blocos erráticos) podem ser observados em alguns locais (Branda da Aveleira, alto vale do Rio Vez e Ribeira da Moadoira).

A zona elevada, planáltica, da serra de Castro Laboreiro, com altitudes que oscilam entre 1200 e 1340 m, estende-se para além da fronteira. Trata-se de uma região suavemente ondulada, cortada por linhas de água de vales abertos, mas que logo se encaixam quando saem das zonas elevadas. Como tal, descem rapidamente para o vale de Castro Laboreiro passando pelas primeiras povoações, situadas algo abaixo dos 1200 m.

Sobretudo na zona incluída no Parque Nacional da Peneda-Gerês avultam formas de relevo espetaculares ao nível de escarpas alcantiladas, penedias, por vezes proeminentes e de formas curiosas, e vales abruptos, originados por ação combinada da tectónica e da erosão.