Hidrografia

A densa rede hidrográfica que atravessa o concelho de Melgaço é reflexo do seu relevo muito acidentado.

A ação dos agentes atmosféricos sobre as rochas graníticas está na origem do traçado dos seus vales encaixados, de traçado retilíneo com diversas direções, isto é, o trajeto dos rios está pré-definido pela direção das principais fraturas que afetam o maciço granítico.

De facto, é bem visível a presença das direções NNE-SSW (Rio Trancoso e Rio Castro Laboreiro), ENE-WSW (traçado geral do rio Minho e parte do Rio Mouro), NNW-SSE e N-S (direção de muitos afluentes).

O Rio Minho e os Rios Mouro e Trancoso, seus afluentes, e ainda o Rio Castro Laboreiro que desagua no Rio Lima, são os principais cursos de água que atravessam e delimitam o concelho. À exceção do Rio Minho, nascem na Serra da Peneda e no Planalto de Castro Laboreiro, em Melgaço, e modelam marcadamente a configuração do terreno, definindo os seus principais vales interiores.